Como Planejar o Enxoval de Casamento para Facilitar a sua Vida!

image_20170114_085246Como Planejar o Enxoval de Casamento para Facilitar a sua Vida!

A preparação do casamento inclui uma série de tarefas importantes que precisam ser cumpridas rigorosamente, para que no dia da celebração e depois dele, tudo esteja da melhor forma possível. Entre tantos deveres, um dos mais importantes é a organização do enxoval.
A lista com os itens do enxoval de casamento visa facilitar a vida na nova casa, por isso, é necessário pensá-la antecipadamente, colocando principalmente os produtos básicos mais utilizados. É comum que algumas pessoas deem atenção demasiada às peças mais populares, como toalhas e lençóis, esquecendo-se, por vezes, de incluir produtos menos conhecidos, mas igualmente úteis, como pegadores de panela, toalhas de mesa, entre outros.
O ponto positivo é que o enxoval pode ser organizado pouco a pouco, intercalando essa preocupação com as outras que o casamento exige. O mais indicado é que se inicie seis meses antes, porque os noivos já sabem o formato dos cômodos da casa, ainda que não tenham comprado os móveis. Assim, pode-se preparar uma lista inicial e fazer a aquisição dos produtos aos poucos. Para isso, é recomendado organizar numa planilha quais são os itens já adquiridos e quais ainda faltam, para não perder a noção do que já foi comprado, assim como falado no guia da reconquista perfeita.
A aquisição dos produtos deve ser feita de modo a evitar aleatoriedade e deixando a casa mais bonita com todas as peças num mesmo estilo. É preciso ter em mente o padrão dos móveis e a intenção de decoração para que tudo fique alinhado.
Um enxoval de casamento é dividido entre cama, mesa e banho. No lar temos o quarto, o qual se recomenda: dois travesseiros, quatro fronhas, um protetor de colchão, três jogos de lençol completos, duas colchas, um edredom e um cobertor mais pesado; a cozinha que necessita de pelo menos três toalhas de mesa, dez panos de prato, três jogos americanos, doze guardanapos, dois aventais e um pegador de panela; e as peças de banho com quatro jogos de banho com cinco peças, dois tapetes para o banheiro, três toalhas para o lavabo.
Depois dessas escolhas, observemos então as de ordem pessoal. Algumas dicas podem ser dadas para a noiva, que deve possuir camisola, pijamas compridos e curtos, baby-doll, e lingeries e o noivo, que precisa ter pijamas compridos e curtos, pares de meia social e esporte e cuecas.
Por fim, vale lembrar ainda que não é adequado comprar as peças em quantidade exagerada, pois a moda e os gostos mudam. No instante da compra, deve-se ter cuidado quanto à qualidade e ao material dos produtos, certificando-se de que eles durarão por um bom tempo. Este é o segredo por trás de todo segredo de um enxoval de sucesso.

Não esqueça de curtir e compartilhar com suas amigas

Veja Também:

Cabelos cacheados

Diabetes e Hipertensão

Visite: http://www.americanas.com.br/categoria/cama-mesa-e-banho

Suplementação de carboidratos

image_20170114_113607_277Apesar do macronutriente carbohidrato ser reconhecido pela comunidade científica como uma fonte energética importantíssima no tocante à atividade física e à saúde, no senso comum este macronutriente é tido como prejudicial para as pessoas que buscam perda ou manutenção do peso corporal.

As dietas da moda, como a de Atkins e a de South Beach, vieram no embalo destes mitos e ajudaram a disseminar estes pré-conceitos. Ao contrário do senso comum, a verdade é que o papel dos carbohidratos (CHO) na saúde humana e no desempenho físico é fundamental, fazendo com o que este macronutriente seja muito mais um aliado para a performance do que um inimigo, desde que sejam entendidos alguns aspectos fisiológicos.

As reservas de CHO no corpo humano têm um limite, que é de aproximadamente 470 g em uma pessoa de 70 kg. São compostas por 30 g na circulação sanguínea, 90 g no fígado e 350 g nos músculos.

Em estado de repouso, o músculo esquelético consome cerca de 20% da glicose plasmática e durante a atividade física (com intensidade de 60% do VO2 máximo), o consumo sobe para o equivalente a 80% da glicose plasmática. Mesmo em atividades aeróbias moderadas e prolongadas, onde a principal fonte energética são os lipídios, os CHO desempenham papel fundamental como fonte energética.

É consenso que a disponibilidade de CHO representa condição primordial para a utilização eficiente de lipídios como fonte energética. Este passo é a disponibilidade do composto oxaloacetato, um intermediário do Ciclo de Krebs. O fornecimento de oxaloacetato é dependente do metabolismo de CHO.

Uma vez que o oxaloacetato vem da transformação do piruvato e este é oriundo da glicólise, pode-se afirmar que a utilização de lipídios como fonte de energia depende do metabolismo dos CHO. Portanto, sem a disponibilidade suficiente de glicose, não há utilização de lipídios como fonte energética ideal para o exercício físico junto com uma detox inteigente. Assim, a prescrição de CHO para o desempenho e também como coadjuvante em métodos de emagrecimento é perfeitamente justificável e recomendável do ponto de vista científico, pondo por terra os mitos existentes sobre este assunto.

Após uma refeição rica em CHO, ocorre aumento da insulina e diminuição do glucagon, o que leva à diminuição da glicemia previamente elevada após a refeição. O exercício reduz os níveis de insulina, aumenta o hormônio do crescimento, o cortisol, as catecolaminas (adrenalina e noradrenalina) e o glucagon, que antagonizam os efeitos da insulina.

O exercício físico maximiza a captação muscular de glicose através do aumento do número de seus receptores musculares, conhecidos como GLUT-4. Em diabéticos compensados praticantes de atividade física, estas alterações provocam menor necessidade de insulina para manter a glicemia estável, poupando a vida útil das células beta pancreáticas, responsáveis pela secreção deste hormônio e retardando a progressão da doença.

Na década de 60, descobriu-se que as reservas corporais de glicogênio poderiam ser maximizadas através da manipulação da dieta. Este armazenamento extra proporcionava maior tempo de exercício para haver o início da fadiga muscular. Em eventos com duração de até 90 min e intensidade entre 65-80% do VO2 máximo, o decréscimo das reservas normais freqüentemente limitam a capacidade de treino e competição. Portanto, os atletas devem ter neste nutriente a peça chave para o desempenho físico.

Entretanto, as dietas que os atletas seguem muitas vezes não conseguem atingir nem mesmo o que é preconizado para pessoas comuns: ingesta de 60% de CHO, 15% de proteínas e 25% de gorduras. Estudos mostram que é comum entre atletas a utilização de uma composição dietética de 49% de CHO, 36% de gorduras e 15% de proteínas. Dietas com menor percentual de CHO podem provocar fadiga precoce. A fadiga ocorre por que um exercício predominantemente de endurance consome CHO e por conseguinte, depleta o glicogênio armazenado no fígado e nos músculos.

agachamento1. A manipulação da quantidade de CHO: em uma dieta, com o objetivo de aumentar os estoques de glicogênio muscular, é reconhecida pela comunidade científica e aplicada por muitos atletas. Um exemplo desta estratégia (para uma pessoa de 70 kg) é a redução da quantidade de CHO ingerida para 300 g por dia por um período de 4 dias, seguido de aumento da quantidade de CHO para 600 g por dia por 2-3 dias previamente às provas esportivas.

Obviamente a quantidade de exercícios também deve ser manipulada para não haverem inconvenientes, principalmente nos dias em que a dieta apresenta pequena quantidade de carbohidratos. Desta forma, atingem-se estoques de glicogênio muscular até 40% acima dos níveis normais do atleta.

2 – Suplementação de Carbohidratos durante o exercício: Outra estratégia se refere à reposição de CHO durante as provas de intensidade moderada e duração longa. Nestas condições, a administração de CHO durante o evento posterga a fadiga de forma significativa. Esta suplementação não tem como objetivo de recompor os estoques de glicogênio.

A meta é otimizar a disponibilidade de glicose plasmática, para oxidação imediata durante o exercício, o que leva à poupança de glicogênio muscular. A importância desta suplementação é fundamental durante provas longas, como uma maratona, e essencial nos momentos finais das competições, onde a disponibilidade de glicose é passo limitante para o desempenho. Para haver esta contribuição para o desempenho, a ingesta de CHO deve acontecer desde o início da prova, a fim de possibilitar que o CHO esteja disponível na circulação. Deve ser observado que a administração de CHO após o início da fadiga não tem efeito benéfico, a não ser por via endovenosa.

A melhor estratégia seria a ingesta de soluções com volumes de 150 a 200 ml, com pequenas quantidades de CHO e com temperatura baixa (10 graus), em intervalos regulares de 30 minutos. A distribuição deve levar em conta o total de CHO necessário, uma vez que a ingesta de soluções com mais de 5% pode ser prejudicial ao rendimento devido ao desconforto gástrico. Para uma pessoa de 70 kg, sabe-se que uma solução ideal de CHO gira com um percentual de 6-10, que o esvaziamento gástrico chega a 1000 ml por hora e que a quantidade de CHO necessária para aumento do desempenho físico vai de 30 a 60 g. Com estes dados pode-se estabelecer uma estratégia individualizada para cada atleta.

3 – Recomendações Gerais: alimentação pré-exercício pode elevar a concentração muscular e hepática de glicogênio e prover uma fonte extra de glicose; a alimentação pré-exercício deve conter de 1-5 g/Kg de peso corporal e deve ser consumida entre 1-4 hs antes da atividade física; em relação à forma dos CHO, os sólidos devem ser ingeridos com uma antecedência maior em relação ao início da AF enquanto os líquidos devem ser preferidos quando o tempo para o início da AF seja em torno de 1h ou menos; atletas de endurance que treinam pela manhã após o jejum noturno e que tenham hábitos alimentares normais ou que não tenham uma ingesta adequada de CHO (70% do valor calórico total) devem se alimentar com CHO no período pré-exercício para otimizarem sua capacidade física; embora não existam relatos científicos consistentes, deve ser observado que podem haver variações individuais em relação à resposta frente à ingesta de CHO. Pode haver risco para uma fadiga precoce. Nestes casos, deve ser adotada uma estratégia individualizada para a ingesta de CHO que leve em consideração esta variação individual.

image_20170114_113607_283Para contemplar as diferentes necessidades nutricionais de praticantes de atividade física e atletas, a Probiótica Nutrição Esportiva disponibiliza ampla linha de complementos nutricionais com fins energéticos, como o CARB-UP, o ENDURANCE X e as barras RED NOSE. O Suplemento Kimera e um suplemento é um produto tradicional, muito conhecido no meio esportivo, que se destina à suplementação de carbohidratos (CHO). A forma em pó é a mais utilizada. CARB-UP GUARANÁ DO BRASIL é uma apresentação em pó acrescida de guaraná, como fonte de cafeína, o que contribui para a diminuição da fadiga e tem papel na mobilização de gorduras (vide artigo no site). A apresentação em gel (CARB-UP GEL) facilita a ingestão devido ao pouco volume e à praticidade, e por estas razões, é mais utilizada durante competições. Composto 3 CHO diferentes (malto-dextrina, frutose e glicose), o CARB-UP fornece energia em 3 tempos, devido aos diferentes índices glicêmicos (IG) de cada CHO que constitui o produto.

A frutose fornece energia em um prazo mais longo, visto que seu IG é baixo. Portanto, este CHO será utilizado por último pelo organismo. Sua absorção é facilitada pela presença dos outros CHO, que a maximizam. Por não provocar aumento da insulina, não induz ao aumento da gordura corporal. A malto-dextrina tem IG médio, fazendo com que sua utilização seja mais rápida que a da frutose e também provoque pouca ou nenhuma elevação da insulina.

A glicose tem IG alto, sua absorção é praticamente imediata, assim como a sua utilização pelo organismo no início do exercício. O possível efeito hipoglicemiante que pode acontecer ao se ingerir isoladamente um CHO de IG alto é combatido pelos outros CHO do CARB-UP. De extrema importância tanto para o exercício quanto para a recuperação do glicogênio, este macronutriente é específico para destinar de forma instantânea, tanto para a utilização imediata quanto para a recuperação no período pós-exercício.

A utilização do CARB-UP pode ocorrer antes, durante ou depois do exercício. Para facilitar as dicas de utilização deste produto, dividiremos didaticamente os consumidores em 3 tipos: praticante de atividade física sem objetivo competitivo (desportista), atleta de esporte de predominância aeróbia e atleta de esporte de predominância anaeróbia.

1 – Praticante de atividade física sem objetivo competitivo (desportista):

Para este perfil de consumidor, o CARB-UP é interessante de ser utilizado previamente ao exercício quando por algum motivo, o desportista não se alimentou antes de ir ao parque, piscina ou academia. Nestes casos, a ingestão de um produto sólido a base de CHO pode ser inconveniente para a prática física. Durante o exercício, como repositor energético, por exemplo, entre uma sessão de musculação e uma aula de spinning ou uma corrida na esteira, principalmente quando a duração supere 1 hora, prática corrente entre alunos de academia. Após o exercício, se o paciente não se alimenta com CHO imediatamente após a atividade, visto que este momento é “chave” para a reposição de glicogênio gasto durante o exercício.

2 – Atletas de esporte de predominância aeróbia:

Para este perfil de consumidor, a suplementação de CHO tem relação direta com o desempenho físico. Durante uma atividade aeróbia, o consumo de CHO pode representar 40-50% do gasto energético total. Sabendo que a reposição pelo organismo é lenta, a atenção a este macronutriente é constante por esta população. Este consumidor pode fazer uso do CARB-UP antes da atividade, como p. ex., antes de competição de maratona. O objetivo neste momento é maximizar as reservas de glicogênio, disponibilizar CHO para consumo imediato e ainda, promover o aumento da disponibilidade durante a prova. Durante a atividade, dá-se preferência para a forma em GEL, devido à facilidade de transporte e a diminuição do volume ingerido, em comparação à forma líquida. Depois do treino, o objetivo é aproveitar a atividade aumentada da glicogênio sintetase, a fim de acelerar a reposição de glicogênio muscular, fundamental para o desempenho aeróbio.

3 – Atletas de esporte de predominância anaeróbia:

image_20170114_113554_222Esportes de predominância anaeróbia podem gerar energia para a contração muscular, através de dois tipos de metabolismo: o anaeróbio aláctico e o anaeróbio láctico: – energia estocada no próprio músculo e de utilização imediata, como a resultante da quebra da fosfocreatina (ex: levantamento de peso, arremesso de dardo). Neste caso, o metabolismo é denominada anaeróbio aláctico. – energia disponível nos músculos, sangue e fígado, onde existe glicose (na forma de glicogênio no músculo e fígado). É o caso, p. ex., de corridas de 400 a 800 m rasos, lutas de judô ou jiu-jitsu, ciclismo speed. É o metabolismo chamado anaeróbio láctico (pois consome glicose e produz ácido láctico).

Em esportes de predominância láctica, a maior atenção à suplementação de CHO ocorre principalmente no período de treinos, pois estes envolvem outros tipos de metabolismo. Durante as provas, o cuidado é redobrado no período pré-atividade, visto que as provas são curtas e intensas. Qualquer movimento fora do necessário (p. ex., para levar o gel à boca), representa perda de desempenho, tanto pela perda de concentração quanto pelo prejuízo motor. O

Endurance X é um produto desenvolvido pela PROBIÓTICA para otimizar o desempenho aeróbio.

É um alimento compensador, que fornece grande quantidade de CHO e menor quantidade de proteínas, além de vitaminas e minerais. A proporção de 4:1 entre CHO e proteínas facilita a absorção e a ressíntese de glicogênio muscular. A presença de proteínas neste produto, ingerido logo após os treinos, facilita a restauração das fibras musculares rompidas durante treinos aeróbios intensos ou prolongados.

As Barras Energéticas RedNose são o novo lançamento da PROBIÓTICA. Barras são formas bastante práticas e interessantes de fornecer uma dose extra de energia entre as refeições, como p. ex., em dietas hipocalóricas, antes da atividade física ou como alimento para qualquer hora. Com predominância de CHO, as barras são constituídas por frutas, chocolate e granola. Fornecem também fibras alimentares em quantidade considerável. O valor calórico da barra é de 79 Kcal, valor menor do que as versões light disponível no mercado atual.

Escolhendo as Janelas da Sua Casa

Selecionar portas e janelas é constantemente razão de confusão no momento de construir ou reformar a casa. Além de decorativas, as portas e janelas devem que se adequar com o projeto e serem práticas. Para isso, o primeiro passo é saber os atributos do local e o espaço. Somente assim será possível antever as necessidades do isolamento, térmico, acústico e proteções contraventos, insetos, etc.

A partir disso, deve-se selecionar o material das portas e janelas da casa. Segundo a ANFEAL (Associação Nacional dos Fabricantes de Esquadrias de Alumínio), as portas e janelas de alumínio estão entre as favoritas dos brasileiros.

Entendendo mais do assunto

As esquadrias de alumínio são capazes de serem usadas em casas e edifícios. É um produto com uma boa performance estrutural e requer pouca manutenção graças ao aprimoramento adonisado que assegura mais brilho e proteção aos perfis. Tão fundamental quanto a instalação correta é a aquisição da esquadria correta, uma vez que é necessário certificar de que os que garantem estanqueidade e vedação, a durabilidade e a performance do produto.

De acordo com a conduta técnica NBR 10.821 – Caixilhos para Edificações – Janelas, toda peça precisa conter informações sobre a velocidade do ar e o algarismo de pavimentos no qual as esquadrias são capazes de serem aplicadas de acordo com cada Estado brasileiro. Visto que cada região do País tem qualidades distintas em termos de carga e pressão de ventos, é preciso verificar qual modelo de esquadria indicado. Tal investigação evita futuras infiltrações, amassamento de perfis ou até inclusive acidentes.

Em correlação às metragens, é possível obter vários modelos, com vãos pré-definidos ou em medidas especiais fabricadas para acolher projetos de construção. O tipo de obra tem influência na escolha do modelo. De preferência, a fixação das janelas é feita com contramarco por parafusamento, porém são capazes de serem chumbadas de modo direto no vão, a partir de que haja uma regularização minuciosa para prevenir interferências na estrutura. Os vãos precisam ter afastamento máximo de 1 cm na altura e 2 cm na largura.

Algumas dicas…

Há uma série de coisas para se prestar atenção na hora de escolher as janelas para sua casa, então siga-as com afinco.

Primeiramente, toda vez que for adquirir janelas de alumínio em medidas-padrão, verifique que a primeira metragem é da altura e a segunda, da largura.

Sabia que refazer o marco e contramarco nos tamanhos-padrão em uma reforma   pode sair até 50% mais acessível que do que mandar fazer esquadrias especiais?

Verifique a categoria de espessuras de camada anódica da esquadria, que precisa ser baixa ou média para ambientes urbanos e rurais, alta para litorâneos e reforçada para indústrias e marítimos.

No momento da instalação, veja se os contramarcos estão limpos e livres de argamassa ou cimento para não arruinar os perfis.

Cuidado! As esquadrias precisam ser armazenadas em locais protegidos de itens como tintas, solventes, graxas, cimento ou cal.

Consulte o PSQ (Programa Setorial de Qualidade de Esquadrias de Alumínio), do PBQP-H (Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Ambiente), acessível no site do Ministério de Cidades, para confirmar as companhias que vendem itens de acordo com as normas técnicas.

img-casa

Quais cuidados tomar na instalação

Após selecionar janelas para sua casa, observe a colocação das janelas. Veja se elas permitem claridade satisfatória, ao longo o dia, a ponto de não ser necessário acender a luz. Se estiver construindo, fique atento para este ponto e veja também como é a localização da casa com correlação ao trajeto do sol. Caso você já more em um lugar escuro, o modo é encontrar na decoração a saída para acrescentar pureza e claridade. Comece observando as portas e as janelas.

Contrate uma equipe especializada, que cumpra à risca as orientações do fornecedor. Para alumínio, utiliza-se o contramarco, o tipo de armação com poder ideal de vedação que deve ser chumbada na alvenaria para parafusamento dos caixilhos. Uma referência em esquadrias de alumínio em Curitiba é a Balbinot Esquadrias.

Atente-se ao tamanho do vão. Ele precisa ser 1 cm maior que a peça na altura e 2 cm na largura. Isto permite a agitação correta das folhas e barra praticamente toda a chegada de luz e de ar. Vem daí a valia de prever, no projeto, a dimensão adequada de cada janela e os respectivos vãos.

img-fita-metrica

Qual o momento certo para instalar?       

O momento correto para instalar as janelas de alumínio é no ciclo final da obra, meticulosamente, depois da tingimento das paredes. Antes disso, as janelas precisam ser armazenadas em ambiente seco. Se necessitar instalar antes, mantenha os caixilhos, principalmente os de alumínio guardados nas embalagens originais, usualmente chapas duras, para prevenir o contato com argamassa, gesso e solventes. Você inclusive pode protegê-los com papelão, plástico ou painéis de compensado.

Quais as vantagens do alumínio?       

É leve, fácil de manusear e de manutenção simples, além de ótima resistência a maresia. A anodização, feita na produção, amplifica a proteção e a conservação do alumínio para as regiões litorâneas. O tratamento forma uma base de oxido de alumínio, que protege contra corrosão, salinidade e fumaça. Além disso, é possível fazer a pintura eletrostática a pó, um fino aperfeiçoamento aplicado na fabricação que adere a todas as cavidades e reentrâncias da superfície.

Suplemento Xtrasize conhecido como Viagra Natural é o mais vendido!

O suplemento natural Xtrasize também conhecido como viagra natural funciona como estimulante sexual e já é o mais vendido no Brasil.

O problema do pênis muito pequeno

Cerca de 25% dos homens têm um pênis de tamanho menor em comparação com o normal. Isso é o que emerge das estimativas de 2016. Em alguns casos, o problema não é um verdadeiro impedimento: não é sempre, na verdade, um pênis de redução de medidas correspondem com a incapacidade de sustentar uma relação sexual completa e satisfatória. Para alguns indivíduos, no entanto, a situação é mais grave. Quando o comprimento e diâmetro do pênis estiver abaixo de certos limites, infelizmente, as dificuldades são sentidas muito e sob diferentes pontos de vista.

De um lado eles destacam as barreiras físicas, por exemplo, a complexidade para a mulher atingir um orgasmo; por outro lado, não se deve subestimar os aspectos psicológicos, que podem afetar o desempenho do homem envolvidos em causar um grave prejuízo para o funcionamento do aparelho sexual, mesmo no caso em que este é perfeitamente saudável. Quais são as soluções? Xtrasize é, sem dúvida, um dos mais populares e seguros.

Como Funciona Xtrasize?

Como funciona o xtrasize

Xtrasize é uma pílula que, como tal, não requer a intervenção de um cirurgião. Os ingredientes são de origem natural 100% (fala de raízes e substâncias benéficas, tais como ginseng, e bagas): isto significa que, para o uso, não há necessidade de uma prescrição do médico. O seu funcionamento é simples, mas para compreendê-lo melhor é bom para aprender os conceitos básicos da ereção e o tamanho do pênis.

Em detalhe

Ao redor da última parte do trato urinário são os chamados corpos cavernosos, estruturas compostas de um tecido que pode “inchar” com a afluência de sangue. Quando um homem atinge um estado de mente sexualmente excitado, o corpo é assim que uma quantidade de sangue é maior do que o normal atinge a corpo cavernoso, causando o enrijecimento do pênis, que através do mecanismo descrito torna-se independente capaz de penetrar entre as paredes da vagina e realizar o ato de reprodução.

Os seres humanos se dedicam a práticas sexuais, especialmente por prazer e diversão, mas o conjunto de ações mentais e a necessidade fisiológica não se altera. O tamanho dos corpos cavernosos e das estruturas que estão diretamente ligados determina o tamanho real do pênis; isso não é válido apenas para a construção, mas também durante os momentos em que o fluxo sanguíneo é reduzido, em seguida, com o pênis “em repouso”.

Que precauções você precisa seguir?

Com o conhecimento médico da base de dados, é fácil perceber que os ingredientes ativos do suplemento de agir sobre a capacidade de dilatação e estreitamento dos vasos sanguíneos, apontando para um aumento na eficiência do aparelho circulatório. Por esta razão, seria melhor consultar um médico antes de prosseguir com a compra e certifique-se de que você não sofre de problemas do sistema cardiovascular.

Como especificado entre as páginas do site, Xtrasize não está sujeita a especial, limites de idade, e para o tratamento não é essencial para variar seu estilo de vida (é permitido a ingestão de álcool, fumo e não são relatados incompatibilidades com outros suplementos, se alimentar ou outro). Recomenda-se ingerir um comprimido todos os dias depois do almoço. O efeito da pílula pode ser grande, mas você tem que tomá-lo regularmente.

Quais são os resultados alcançáveis?

Os efeitos mostrado, também na base das análises, são significativos. Esta com um tratamento de duração de seis meses (o intervalo de tempo que, para ser adequadamente cobertos por provisão constante, e com base nos ritmos indicado pelo fabricante, requer a compra de três packs). De acordo com as instruções, não é necessária para estender ainda mais a suposição, e os resultados obtidos não deve perder a coerência ao longo do tempo.

Fala-se, então, de uma mudança permanente de medidas, desde que o tratamento seja seguido sem problemas. Como já mencionado, é bom levar em conta o fato de que o fabricante não caia em excesso; isto pode ser interpretado de duas maneiras opostas: uma falta de segurança em relação a sua própria mesmo produto, ou, talvez, um símbolo de profissionalismo e confiabilidade sem o desempenho de promessas que, no final, nem mesmo a medicina tradicional pode manter sem qualquer tipo de reserva.

tesão de vaca funciona mesmo

Com relação ao aumento da libido os resultados são similares ao viagra feminino, conhecido com tesão de vaca funciona muito bem para o aumento do desejo sexual, tanto para mulheres quanto para homens.

Conclusões

Xtrasize é um produto que não é classificado como medicação, de origem, de acordo com o fabricante – americana. O site está organizado de modo claro e coerente, apesar da qualidade das informações fornecidas é, muitas vezes, superficial. A compra do produto é melhorada pela total privacidade, garantida por um pacote de anônimo para o envio para o endereço de cada comprador.

Entre as peculiaridades, em favor de que Xtrasize Funciona, você pode considerar a composição natural. A grande presença de comentários positivos é muito relativo, por isso, não deve ser superestimada. As desvantagens, no entanto, são reflete-se na falta de adequada comprovação científica de que é verificável.